teatro
.
 

 

 

 

O Novelo

O texto nasceu da demanda de um grupo de atores em discutir a complexidade e a profundidade do universo masculino. A peça conta a história de cinco irmãos que se reencontram na sala de espera de um hospital público após receberem a notícia de que um homem, que pode ser o pai que os abandonou há 25 anos, está internado na UTI. Realizou três temporadas em São Paulo em 2010.

< Veja um trailler da peça (YouTube)

 

Eu te darei o céu

A peça conta a história de uma mulher que, no seu aniversário de 40 anos, recebe de presente das amigas um garoto de programa. Juntos, eles vivem uma situação embaraçosa e cômica quando ficam presos um ao outro por uma algema. Isto faz com que ultrapassem a superficialidade das máscaras e dos preconceitos e mergulhem em sua humanidade. A peça se apresentou em algumas temporadas em São Paulo. A montagem foi sucesso de público e crítica.

< Veja um trailler da peça (YouTube)
< Leia o texto integral (.pdf)

 

Jardim das Delícias

Um texto que usa as delícias da culinária para falar dos mistérios da feminilidade. Durante a peça é servido um jantar ao espectadores. Montada pela primeira vez em 2005, realizou temporada de sucesso na Casa das Rosas em São Paulo.

< Leia o texto integral (.pdf)

 

O menino que virou história

A peça conta as aventuras do menino Rafa que detesta ler. Um dia Rafa cai dentro de um livro encantado e encontra uma estranha traça que é discriminada em seu mundo pois em vez de comer os livros, prefere ler suas histórias. Rafa descobre que só há um jeito de sair do livro encantado: ler sua história e enfrentar todos seus desafios. Durante esta leitura Rafa se encontra com vários personagens famosos das histórias infantis que tentam ajudá-lo ou atrapalhá-lo nesta aventura. Mas o que Rafa nem imagina é que ler este livro vai mudar sua vida para sempre. Esta peça estreou em Belo Horizonte em julho de 2004.
> Prêmio Usiminas/Sinparc de Melhor Texto de Teatro Infantil 2005

< Leia o texto integral (.pdf)

 

Mundus Immundus

Mundus Immundus é uma peça teatral que discute uma das questões mais importantes deste novo século: o lixo nas suas mais variadas concepções. Propõe uma reflexão acerca dos lixos que cercam e habitam o ser humano: a falta de qualidade, a massificação, a superficialidade, o descartável, assim como o reciclável, o aproveitável, o lixo como fonte de vida.

Realizou apresentações em São Paulo no espaço Elenko-KVA, no Teatro Augusta, na Rede Sesc e em várias escolas públicas.

< Leia o texto integral (.pdf)
< Veja o trailler da peça (YouTube)

 

 

 

 

Vô Doidim e os velhos batutas

Esta peça concorreu em nove categorias do Prêmio Coca-Cola, incluindo Melhor Texto. Venceu como Melhor Espetáculo de 1999. Seu texto está publicado na Coleção Teatro Brasileiro.

Nanna de Castro também é autora do espetáculo teatral adulto "Eu Te Darei o Céu" com estréia programada para 2006 no Rio de Janeiro e do infantil "Planetinha Azul" que fala da importância da água e de sua escassez no planeta e é apresentado em empresas e escolas.

Sinopse
Esta é a história de um avô muito especial que, juntamente com sua neta, seu computador meio humano e uma bonequinha preta, vai enfrentar a terrível Bruxa do Esquecimento para salvar antigos compositores da Música Popular Brasileira.

< Leia o texto integral (.pdf)
< Veja o trailler da peça (YouTube)